• Zahra Hedjazi

COMO ESCOLHER O PONTO COMERCIAL IDEAL - parte 01

Atualizado: 15 de Out de 2019


Hoje iniciaremos uma série de 03 parte,s com as questões mais importantes a serem considerados, para te ajudar a escolher o ponto comercial ideal, e com mais segurança. Você já pôde ler na matéria anterior quais as 10 coisas que você precisa saber antes de escolher o ponto certo para seu negócio (clique aqui) e é muito importante essa leitura, pois lá apresentei 10 dicas precedentes à sua escolha final.

Sem dúvidas você estudou o bairro, conheceu os seus potenciais concorrentes, levantou os imóveis disponíveis e fez os estudos de viabilidade (os custos de investimentos, custos operacionais e etc) de preferência por um profissional habilitado para reduzir os riscos e aumentar a assertividade, e agora é hora de fazer o trabalho de campo e ficar alguns dias frequentando a região como cliente.

Mas avaliar o que mesmo? Se colocar na posição do seu próprio cliente é fundamental! E no meio de tantas possibilidades, estarei apresentando algumas perguntas comuns, mas que no impulso da ansiedade, você pode ser induzido a fazer uma escolha errada.

Recentemente fiz um Quiz da Geofusion, líder em Geomarketing no Brasil, e achei bacana compartilhar com você que está estudando as possibilidades para um novo negócio. Vamos lá? Aproveite e teste os seus conhecimentos até aqui!

Pergunta 01: O que, imprescindivelmente, não pode faltar num ponto comercial?

a) Uma fachada apresentável;

b) Público-alvo no entorno;

c) Preço atrativo do aluguel.

Resposta certa: letra b

A verdade é que as três opções são muito importantes. É claro que ter uma fachada apresentável é muito importante, e inclusive quanto mais bonita e atrativa melhor! Ter o preço atrativo do aluguel é certamente um fator que precisa ser considerado, mas o público-alvo no entorno é algo que imprescindivelmente não pode faltar.

Então você precisa conhecer o hábito de consumo local. As formas de se conhecer é fazer um estudo nas ferramentas hoje existentes no mercado, mas também é preciso que você conviva um tempo observando e interagindo com o bairro. Aí vem a segunda pergunta que tem tudo a ver com primeira.

Pergunta 02: Como deve ser realizado o trabalho de campo?

a) Escolher um dia específico da semana (o de maior movimento) e contar o número de carros e pessoas que passam na frente;

b) Visitar o ponto ao menos em um dos dias da semana e do fim de semana e observar o perfil dos consumidores no entorno;

c) Visitar o ponto em dias e horários alternados, e saber mais sobre o local com comerciantes vizinhos, taxistas e consumidores.

Resposta certa: letra c

Mais uma vez as três alternativas são importantes, desde que sejam feitas as três. É fundamental compreender a dinâmica local e é para isso que serve o trabalho de campo em torno do ponto. Mas apenas a resposta da letra "c" faz você descobrir detalhes importantíssimos! Bater um papo com pessoas que frequentam a região vai agregar informações e podem, inclusive, fazer algumas mudanças no seu projeto original

Além disso, lembre-se que dias e horários alternados, vão te mostrar o fluxo e o contra-fluxo, os horários de maior intensidade de carros ou pessoas, te fará avaliar a necessidade da disponibilidade de vagas e até mesmo a calçada mais interessante. Mãos a obra e vá conhecer o seu futuro cliente!

Pergunta 03: Muitas vezes, o contexto do qual o ponto faz parte é mais importante que o próprio imóvel. O que se deve avaliar primeiro?

a) Volume do fluxo de pessoas tanto a pé quanto de transporte público e carro;

b) Renda média e faixa etária predominante do local;

c) Presença da concorrência (direta e indireta), se alta ou baixa na região.

Resposta certa: letra c

Primeiramente é preciso entender a interferência da concorrência, para saber se faz sentido ofertar esse produto ou serviço na região pretendida. Qual seria a sua fatia no mercado (saturado ou não) e quais os diferenciais que fariam o seu futuro cliente escolher por esse ou aquele.

A presença da concorrência nos diz muito sobre o ramo de atuação. Se ele está se dando bem demais, pode ser escassez de oferta. Isso pode significar que há potencial para esse tipo de negócio. Mas se ele vai mal, investigue se ele pratica bons preços e tem diferenciais em seu serviço, pois se tudo estiver perfeito, pode ser que tenha excesso de oferta, ou a região não possua demanda para o negócio.

O volume do fluxo de pessoas tanto a pé, transporte público ou carro , bem como renda média e faixa etária vão acrescentar informações sobre o seu consumidor, são informações importantes para definir a imagem da sua marca, o tamanho do seu espaço e o quanto de vaga disponível será preciso. Mas falaremos um pouco mais sobre isso na PARTE 02 que será publicada em breve.

Você sabia que a THACO. disponibiliza os serviços completos de estudos de viabilidade, projeto de negócios e assessoria especializada para você abrir um novo ponto comercial? Além disso dispõe de consultoria on-line para esclarecer e orientar você, que está dando os primeiros passos, ou quer reformular o seu negócio existente?

Saiba mais aqui.

Siga a THACO. em nossas mídias sociais e saiba sempre mais em nossa revista. Até breve!

#necessidade #consultoria #loja #projeto #pontocomercial #aescolhadopontocerto #empreender #imovel #negocios #empreendimento #concorrência #Estudo #viabilidade #consumidor #cliente #quiz #renda #THACOarquitetura #consumo #fachadacomercial

  • Facebook THACO.
  • Instagram da THACO.
  • Pinterest THACO.
  • THACO. no youtube
Escritório de arquitetura THACO.

© 2018 by THACO. Marketing